Acompanhamento Nutricional para crianças em idade pré-escolar

Por Cristiane Silva



O setor de nutrição  tem como principal objetivo observar e avaliar a aceitação alimentar em suas diferentes  refeições, tendo como referência  a Pirâmide Alimentar, que é a base para uma alimentação saudável.

Cada faixa etária possui suas características alimentares e necessidades nutricionais específicas que merecem o devido cuidado por parte da família e escola.

O berçário I se caracteriza como a primeira fase de descobertas em relação a alimentação onde a criança tem contato com diferentes alimentos e seus sabores, cores, aromas e texturas específicas. É o período onde inicia-se  a formação dos hábitos alimentares.

A partir de 1 ano e 6 meses, as necessidades nutricionais se modificam e os interesses da criança nesta faixa etária se intensificam e a alimentação  já não é o principal interesse, por  isso, é normal diminuir o apetite e a seleção alimentar se torna mais evidente. A  função da educadora neste momento se torna primordial ,através do estímulo do consumo de alimentos saudáveis e a prática da educação nutricional incluindo atividades que valorize alimentos de todos os grupos.

Dos 2 aos 3 anos é um período onde a criança aumenta seu interesse pelos alimentos, sendo uma época ideal para o planejamento de atividades que envolva alimentos in natura  como a elaboração de Oficinas de Culinária. É normal a resistência a frutas e verduras, especialmente as saladas verdes. Os sentidos como a visão, tato e olfato são muito estimulados. A educadora tem uma atenção especial nesse momento ,procurando incentivar a ingesta em cada refeição.

Dos 3 aos 6 anos, os hábitos alimentares estão mais solidificados, onde a criança busca na família o exemplo para estruturar a sua alimentação. Este é um momento de intensificar e diversificar as atividades relacionadas à Educação Alimentar, priorizando o  consumo de frutas e verduras e evidenciando os malefícios do consumo de doces e salgadinhos.

É importante ressaltar que cada criança tem seus hábitos e preferências alimentares diferenciados, e a educadora é orientada nesse sentido, enfatizando sempre o estímulo e o respeito pelo ritmo de cada criança

Como parte de integrante deste acompanhamento  e para que se possa finalizar a avaliação nutricional é necessário a implementação da Avaliação Antropométrica das crianças, onde pode se apurar através da pesagem e medida estatural, o estado nutricional da criança, através do diagnóstico nutricional.

Abraços e até a próxima!



3 comentários:

Toldos RJ disse...

Adorei o blog e tem coisinha pra nenem, tenho 2 filhos com menos de 1 ano e fico desesperado quando a mae deles sai,
Toldos RJ

29/6/10
Vanessa Roriz disse...

Muito boa a postagem!
beijos

29/6/10
cristiane disse...

Obrigada pelos comentários...fico feliz em saber que a matéria está auxiliando o dia a dia das pessoas. Qualquer dúvida estou a disposição.. Um abraço!

29/6/10

ÚLTIMOS COMENTÁRIOS

ARQUIVO