Alimentos Termogênicos

Por Giuliana Esteves



No processo de perda de peso, alguns alimentos têm o poder de auxiliar na queima de gorduras. Isso porque, durante a digestão, o organismo gasta energia para conseguir digerir os alimentos. Quanto maior a dificuldade em ser digerido, maior é o valor termogênico do alimento. Quanto maior este valor, maior é o gasto calórico do organismo para digeri-lo, ou seja, maior é a queima calórica.
Existe uma grande variedade de alimentos apontados como termogênicos. Não existem recomendações estabelecidas sobre as quantidades a serem ingeridas, mas existem algumas indicações:
- Chás Verde e Branco: ingerir 1 xícara de chá de 5 a 10 minutos antes das principais refeições. Deve ser preparado através da infusão da erva desidratada (e não sachês prontos) para manter as suas propriedades. Esses chás, possuem inúmeras propriedades terapêuticas na prevenção de doenças, e aceleram o funcionamento do metabolismo. Os compostos presentes na planta reduzem a absorção de açúcar no sangue (diminuindo a compulsão por doces), aceleram o trânsito intestinal, além de diminuir a ação da amilase, uma enzima responsável pela digestão de carboidratos.
- Pimentões e Pimenta-Caiena (pimenta vermelha): consumir 3 a 4g (1/2 colher de cha duas vezes ao dia) como tempero de pratos quentes e saladas.
- Gengibre: ingerir pelo menos 1 pedaço de 2 cm, três vezes ao dia. Suas propriedades estão mais ativas na raíz fresca, que pode ser consumida crua, no tempero de aves e peixes, refogada, em forma de chá ou batida no liquidificador com frutas.
- Vinagre de Maçã: consumir 1 1/2 colher de sobremesa de vinagre orgânico dissolvido em 200 ml de água morna, duas vezes ao dia (pela manhã e antes do almoço ou jantar). O vinagre é excelente para auxiliar na redução da circungerência abdominal.
- Canela: auxilia na perda de peso e dilata os vasos sanguíneos. Pode ser consumido 1g duas vezes ao dia, na forma de chá, polvilhada em sopas ou preparações com queijo, gratinada no forno, ou polvilhada em frutas como maçã e banana.
- Guaraná em pó: consumir 2g, duas vezes ao dia.
- Mostarda: utilizar 1 colher de sobremesa duas vezes ao dia, em pratos de sua preferência.
Outros, menos termogênicos, também auxiliam no emagrecimento: laranja, kiwi, café preto, chá mate, hortelã, alimentos ricos em ômega 3 (bacalhau, salmão, arenque, sardinha, anchova, linhaça), fontes de ácido linoléico conjugado (carne bovina, de peru e alguns laticínios), algas, soja, açaí, brócolis, água de coco, aspargos, couve, acelga, produtos derivados do cacau, cominho, cebola e curry.
É importante ressaltar que apenas consumir alimentos que ajudam a acelerar o metabolismo, não é suficiente para promover perda de peso. É necessário aliar uma dieta balanceada e atividade física, pois sozinhos não têm nenhum efeito no organismo. Além disso, para perceber os benefícios dos alimentos aceleradores do metabolismo, deve-se introduzi-los diariamente com regularidade no cardápio.
Cuidado: a ingestão exagerada destes alimentos pode não oferecer o efeito desejado, causando insônia, dores de cabeça, problemas digestivos, tonturas e outros efeitos colaterais. Desta maneira, é importante que haja sempre o acompanhamento e orientação de um profissional Nutricionista que irá avaliar e personalizar a quantidade indicada de alimentos termogênicos que deverão ser acrescentados a uma dieta balanceada.


Nutricionista Giuliana Esteves

1 comentários:

bemcomVOCÊ disse...

Olá Dra Giuliana, muito boa a matéria, parabéns!

Abraços,

Equipe bemcomVOCÊ

22/6/10

ÚLTIMOS COMENTÁRIOS

ARQUIVO