Chá de Oliveira

www.abril.com.br

Por Cristiane Silva


Muitas plantas, especialmente as ervas, podem ser preparadas em forma de chás que são chamadas também de infusão. Como a maioria não contém cafeína, eles são uma boa alternativa para as pessoas que preferem evitar essa substância.
É uma bebida estimulante praticamente sem calorias, contém bioflavonóides que podem reduzir o risco de câncer, doenças do coração e derrame cerebral. Também possui um efeito diurético, benéfico principalmente para as pessoas hipertensas.

A Folha de Oliveira é exemplo de fitoterápico bastante usado hoje em dia, utilizada bastante em chás com o objetivo principal de ajudar no emagrecimento, também é utilizada no tratamento para constipações, gripes e infecções, além de beneficiar o coração. Estudo tem demonstrado que ocorre uma significativa redução das lipoproteínas de baixa densidade ou mau colesterol, com o consumo diário deste chá além de também de auxiliar na diminuição da pressão arterial e no aumento do fluxo sanguíneo, provocando o relaxamento das artérias. Contém propriedades antioxidantes que ajudam a proteger o corpo da ação dos radicais livres.

A oliveira, como é chamada a árvore cujo fruto é a azeitona é mais eficaz que o chá verde no combate ao excesso de peso e as gorduras localizadas. Considerado potencialmente mais poderoso que o chá verde, as folhas da oliveira possuem quase o quádruplo de potássio, magnésio, manganês, fósforo, selênio, cobre e zinco, minerais importantes para a manutenção da saúde e para a aceleração do metabolismo com a principal função de eliminar gorduras, especialmente as localizadas na região abdominal.
Assim, ao ingerir de três a quatro xícaras deste chá diariamente, a pessoa consegue, num prazo relativamente curto, reduzir em até 10% sua circunferência abdominal e perder, em média, seis quilos, dependendo do metabolismo de cada pessoa.
Nunca esquecendo que este hábito deve ser aliado a uma alimentação saudável com acompanhamento do(a) Nutricionista e a prática regular de atividade física. Ou seja, o consumo do chá de oliveira é uma arma a mais no combate dos indesejáveis quilos extras.

Importante: lactantes e gestantes não devem consumir esta infusão. As plantas medicinais devem ser prescritas por médicos ou nutricionistas.

Como preparar:

* Ferva um litro de água em uma panela que não seja de alumínio. Ao levantar fervura, acrescente 1 colher de sopa de folhas secas de oliveira. Ferva mais um minuto, deixe esfriar e coe.
* Procure ingerir naturalmente, sem uso de açúcar ou adoçante, assim seus benefícios serão preservados.
* Evite guardar, pois as propriedades se perdem com a ação da luz, ar e temperatura. Consuma na hora em que for preparado.

Abraços e até a próxima matéria!

4 comentários:

Mônica Espinheira disse...

Não sabia que este chá de oliveira possui mais efeito que o chá verde.Onde posso encontrar referências sobre este assunto?

21/8/10
Anônimo disse...

olá, gostei da matéria. mas é estranho falar em tomar o chá na hora em que for preparado e ao mesmo tempo passar a medida para 1L. o ideal é fazer somente a xícara então!
olha, eu faço a medida para três xícaras ( jogo um punhado de folhas que somem 1 colher e meia de sopa) e coloco numa garrafa de água de 750 ml e levo para o trabalho para tomar durante o dia.
bjs!

4/4/11
Anônimo disse...

Olá

Alguem pode-me dizer se o chá de oliveira interfere com a eficacia da pilula contraceptiva????

Obrigado

19/4/11
raquel disse...

ola, sou magra e apenas tenho um pneuzinho na barriga e atras nas costas, do qual gostaria de eliminar, mas não quero emagraçer no resto do corpo. sera que o cha de oliveira e o ideal? ou irei tambem emagracer num todo, que nao preciso? obrigada...

5/6/11

ÚLTIMOS COMENTÁRIOS

ARQUIVO