Desenvolvendo a Mulher Maravilha



Por Gabrieli Comachio



Fato. Algumas mulheres já estão sentindo e se movendo a partir de um novo nível de feminilidade. Vejo mais autoconfiança e coragem nas atitudes que se relacionam ao trabalho, conquista de sua independência financeira.
Um estudo descobriu que os homens se encaixam melhor em ambientes que exigem decisões enquanto que as mulheres se dão melhor em trabalhos nos quais a abordagem é considerada mais importante.
Por outro lado, as mulheres são melhores que os homens em relações humanas, em reconhecer aspetos emocionais nas outras pessoas e na linguagem, na expressão emocional e artística, na apreciação estética, na linguagem verbal e na execução de tarefas detalhadas e pre-planejadas.
É uma forte influencia do direcionamento de seus estudos, enquanto isso os homens têm buscado explicar certas atitudes através do sim ou não, sem meios termos!
Se você imaginar o desenvolvimento feminino pela história humana como sendo o percurso de uma única mulher arquetípica, verá que é isso mesmo.
Mulheres receiam ser antiquada, quando tudo o que desejam é um homem cavalheiro. Outras relatam sua decepção e desconfiança com homens, pensando no que os outros vão achar disso. Outras, ainda, sentem falta dos homens objetivos, diretos, sem meias palavras, que ofereçam segurança…
Mas onde fica comunicação interpessoal?
Enfim, são conversas de mentes diversas, e de uma nova geração de mulheres decididas, mas não menos entregues. Mulheres que muitas vezes não conversam com si mesmas quando o assunto é relacionamento amoroso. Pensam mais no outro do que nela mesma.
Esqueça as travas!
Sejam seguidoras e vamos estudar com o cotidiano da vida feminina, o poder da auto-estima e como a busca por qualidade de vida exerce forte diferencial na existência.

0 comentários:

ÚLTIMOS COMENTÁRIOS

ARQUIVO