FRIGIDEZ FEMININA: Tem solução?



Em muitos casos, a frigidez feminina tem como conseqüência problemas psicológicos, traumas na infância e adolescência, estresse, problemas conjugais e alguns problemas fisiológicos como relações dolorosas em virtude da falta de estimulo e lubrificação. Esta simples explicação da frigidez não exclui, entretanto, outras causas da diminuição ou perda da libido, que podem incluir fatores endócrinos, como o aumento da prolactina, que ocorre nos períodos posparto e a diminuição dos hormônios tireoidianos, que ocorre no hipotireoidismo. Também não podemos excluir os fatores não-endócrinos, como problemas vasculares ou circulatórios, neurológicos e psíquicos.

O meio cultural tem grande importância. Esclareço que há alguns anos atrás (e ainda hoje em determinadas culturas), dizia-se que a mulher era fria por natureza, que sua sexualidade estava voltada única e exclusivamente para a maternidade. Nesse contexto, usava-se a sexualidade feminina para servir à masculina. Como conseqüência, a mulher era pouco ou nada estimulada. Essa situação ocorrendo de forma persistente, com sentimentos de obrigação em relação ao sexo, acabou por inibir qualquer resposta erótica, assim tornando-se uma das tantas tarefas que deveriam ser desempenhadas pela mulher.Desligada de sentimentos sexuais positivos e até mesmo punidos ou reprimidos, a mulher assumiu a maternidade e o cuidado familiar, abdicando de uma plena realização sexual.

Pesquisando sobre o assunto, a frase: A mídia atual pressiona as pessoas para uma atividade sexual teatral, Faz sentido! Muitas vezes idealizamos um sexo que na vida real é bem diferente. É certa que a felicidade sexual é uma condição inseparável da condição de saúde.

Estresse, ansiedade e baixa auto-estima interferem e muito na hora do prazer e para isso o ideal é fazer uma psicologia comportamental, pois ela ajuda a incentivar a pessoa a conhecer melhor o seu próprio corpo para que a insegurança e os conflitos fiquem para trás.Todos os remédios voltados para a melhora do prazer tanto feminino quanto masculino atua no nosso cérebro na parte os mora as emoções e a partir disso afetam a vida sexual das pessoas.


Segundo Lelington Lobo Franco, terapeuta natural, existem chás tonificantes sexuais e afrodisíacos que podem resolver algumas causas da frigidez.

Vale apena conferir abaixo:

Damiana (Turnera diffusa wild): Possui óleos essenciais (cineol, pineno) e arbutina (uma espécie de iombina). Aumenta a vitalidade sexual de ambos os sexos e regulariza o ciclo menstrual. Partes utilizadas: folhas. Modo de usar: chá por infusão de 30g das folhas por meio litro de água fervente. Tomar de 2 a 3 xicaras ao dia.

Salvia (Salvia officinalis L.): rica em tuyona, catequinas, ácidos fenólicos e substancias de ação igual à foliculina, hormônio estrogênio feminino. Favorece o equilíbrio hormonal do organismo feminino e seu uso é recomendado no caso de vaginismo e frigidez. Partes utilizadas: folhas.
Modo de usar: chá por infusão de 30g das folhas por meio litro de água fervente. Tomar de 3 a 4 xícaras ao dia.

Se o seu prazer não é mais o mesmo não tenha medo de procurar por um profissional da saúde para descobrir a causa e te ajudar com a solução!




Cordialmente,
Dra. Gabrieli Comachio
Nutricionista

3 comentários:

HepatitesMS disse...

Olá,

A Hepatite B é uma doença silenciosa que, em sua forma crônica, atinge mais de dois milhões de brasileiros. Apesar de ser uma doença comum, nem todos conhecem as formas de transmissão ou prevenção, como a vacina, que está disponível nos postos de saúde. Para diminuir os riscos e consequências da Hepatite B, precisamos reforçar a divulgação das informações básicas. Por isso, contamos com sua ajuda. Entre em contato para receber todo o material da campanha!

Muito obrigada,
Ministério da Saúde
comunicacao@saude.gov.br

4/8/11
Fernanda disse...

Boa, tarde! Gostaria muito que algum médico ao ler meu desabafo, pudesse me ajudar. Estou completamente sem stímulo ao sexo, tenho 34 anos, e tenho hipotireiodismo, tomo anticoncepcional á anos sem interrupcição e estou sofrendo muito com tudo isso, e não tem médico na minha cidade que tenha resolvido meu problema, sou da area da saúde. E é triste ter esse problema e nenhumja ajuda, e sou muito criticada na minha casa pelo meu marido que me chama de frígida! Pelo amor de Deus alguém me ajude!!!



Obrigada

15/4/12
Equipe Dicas de Nutrição disse...

Olá Fernanda, onde você reside? Procure um endocrinologista para auxilia-la...existem também alguns fitoterápicos que ajudam na libido, qual seu e-mail?

20/4/12

ÚLTIMOS COMENTÁRIOS

ARQUIVO