Como reeducar a alimentação

Dra Mariana Anselmo Ramos – Nutricionista CE

Todos os dias deparo-me com pacientes que relatam a dificuldade de conseguir seguir um plano alimentar proposto por nutricionistas e a prática de atividade física. Queixam-se de falta de tempo, de pouco estímulo e de não conseguirem se adaptar às pequenas porções e os horários regulares.

Sempre escuto com calma e tento identificar onde está o problema, a dificuldade real da situação!Muitos são até interessados, eufóricos e querem resultado rápido, outros são desanimados e fazem questão de dizer que “eu sou a última esperança”. Engraçado?Não, apenas a vivência no consultório e nos PSFs.

O que as pessoas não entendem, é que não há última esperança e muito menos segredinhos para emagrecer ou simplesmente melhorar a alimentação, mas sim comprometimento consigo mesmo. Você tem que estar disposto e encarar as mudanças propostas no cardápio como um desafio que só você mesmo pode vencê-lo e claro, largar a preguiça de lado e começar a se exercitar da forma mais viável e agradável.

O porquê do café da manhã (desjejum)?

Primeiramente, passaram-se várias horas da noite em que você estava em jejum e mesmo em repouso estava gastando uma quantidade de energia, então você irá para uma rotina pesada do dia e necessitará começar o dia com disposição. Ou seja, você necessita de uma boa refeição para começar um longo dia de trabalho ou estudo. Mas, eu não sinto fome Doutora! Na verdade, o costume está tão grande de omitir o desjejum, que você acha que não sente fome e desta forma compensa no almoço ou no cafezinho do trabalho. Um bom café da manhã, com leite e derivados, cereais, pães e frutas só faz bem e é ele que determina como serão as suas próximas refeições.

E os lanchinhos entre as principais refeições?

Sim, estes são os super-heróis da reeducação alimentar!Pois, quando se alimenta de 3 em 3 horas, as refeições como o almoço e o jantar, se tornam mais balanceadas. Isso porque como foram realizados lanches saudáveis no meio da manhã ou da tarde, não há aquela sensação de fome enorme e alimenta-se menos. Esses lanchinhos podem ser sucos de frutas, barrinhas de cereais, vitaminas de frutas, biscoitos integrais, sanduiches de pão integral com queijo branco, frutas।

Posso jantar como o almoço?

Não vejo problema nenhum se o almoço for completo e equilibrado nas porções (arroz ou macarrão, feijão, carne/aves/peixes e saladas de verduras com legumes)। Outra questão, é o horário!Importante jantar no mínimo 3 horas antes de se deitar, para que haja tempo para a digestão e você tenha tempo de fazer uma ceia.

E os produtos diet. e Light?

Esses estão por toda parte e o tempo todo na mídia,

muita

s vezes influenciando de forma errada o seu consumo. Os lights são indicados para quem quer perder peso, pois possuem certa restrição calórica e/ou de gordura. Já os diets, muitas vezes são consumidos de forma indiscriminada para perda de peso, sendo que estes são desenvolvidos na indústria para pessoas com patologias específicas e assim na ausência de um nutriente, são adicionados outros para proporcionar “corpo e forma” ao alimento. Ex: Chocolates diet (não possuem açúcar, mas possuem gordura em maior quantidade).

Muitas outras dicas são importantes para uma alimentação mais saudável e uma conseqüente reeducação alimentar, porém esse é um processo longo e diário, onde deve-se a cada dia vencer a indisciplina.

1 comentários:

bel disse...

Doutora,

Obrigada pelas dicas, ja copiei no meu blog.

Abs

5/11/11

ÚLTIMOS COMENTÁRIOS

ARQUIVO