Por que fazer dieta assusta tanto?

Muitas pessoas ficam tristes só de pensar que terão que iniciar uma dieta. Isso tudo porque associam dieta à restrição alimentar. "Pronto, estou de dieta! Não posso mais comer meu chocolate, adeus pizza... terei que viver de salada...".

O fato é que muitas pessoas associam dieta à sofrimento e acreditam que para emagrecer devem fazer um dieta bem restritiva. A própria palavra está muito ligada à restrição calórica, proibições e não à educação alimentar e melhoria ou correção de hábitos pouco saudáveis.

Dietas de baixíssimas calorias podem até levara a uma perda de peso significativa, mas vários problemas a saúde tem chance de se manifestar como a anemia, por exemplo. Além de não conseguirem manterem esse padrão alimentar por muito tempo, voltando a estaca zero após dias de "dieta".

É importante também ressaltar que um plano alimentar deve ser feito por um espaço de tempo determinado e com objetivos bem definidos e não como uma rotina, visto que em muitos casos se observa a perda de alguns quilos ao final da semana e no entanto pode ter sido só desidratação e você achando que era gordura...

Quando se opta por mudança na alimentação, seja como ferramenta para perda de peso ou em virtude de alguma doença associada, deve-se atentar para mudanças a longo prazo, visando a reeducação dos hábitos alimentares, o que torna aquilo satisfatório para você, no momento que precisa, e depois para toda a vida.

No entanto alguns fatores ainda assustam as pessoas quando o assunto é dieta, tais como: VERGONHA, BAIXA AUTOESTIMA, FALTA DE APOIO dos amigos e da família, outros alegam a CONDIÇÃO FINANCEIRA (mas será que se alimentar bem realmente custa caro?)e a ANSIEDADE POR RESULTADOS RÁPIDOS, todos estes fatores fazem com que essas pessoas não inicie à dieta ou com que estas não permaneçam com o plano alimentar adequado.

Algumas dicas gerais para você já ir melhorando a sua saúde:

1 - Pratique atividades físicas: pode ser uma simples caminhada ou até mesmo andar de bicicleta, o importante é se mexer e sair do sedentarismo.

2 - Invista no consumo de frutas, verduras e cereais integrais, que além de fornecer vitaminas e minerais, também auxiliam no bom funcionamento do intestino por fornecer fibras.

3 - Hidrate-se! Consuma ao menos de 2 litros de água por dia.

4 – Relaxe... É muito importante não se sentir pressionado. Você deve ir mudando seus hábitos do modo mais natural possível, afinal radicalismo não leve a nada.

5 - Procure um Nutricionista na sua região para fazer um plano alimentar individualizado, que supra todas as suas necessidades e possa atingir os seus objetivos mais facilmente.

Nutr. Viviane A. Porto da silva

porttovivi@yahoo.com.br

Cidade: Sooretama - ES

2 comentários:

tamara disse...

REPENSEM EM SEUS ANUNCIANTES. O ANÚNCIO DESTA PÁGINA FERE PRINCÍPIOS ÉTICOS DA NUTRIÇÃO (OFERTAS DE DIETAS ONLINE)

6/12/11
Dra Gabrieli Comachio disse...

Infelismente não conseguimos retirar isso pois é automático do Google. Nosso site tem formato do Blogspot, Não são anúncios nossos.

7/12/11

ÚLTIMOS COMENTÁRIOS

ARQUIVO