Receita Gaspacho Sopa Fria

Por

Dra Rita de Cassia Sales Coutinho Caputi – Nutricionista RJ


Auge do verão, dias e noites quentes, muita praia, Carnaval... tudo o que queremos é consumir alimentos ou preparações leves, refrescantes e saborosas. Época ótima para um gaspacho no almoço, após chegar da praia, ou como um leve jantar... Não gosta muito de tomate? Sem problemas, pois nesta receita, no lugar do tomate, entra a melancia, fruta rica em água, fibras e muito sabor, além de outros ingredientes nutritivos.

Antes, uma breve história dessa iguaria...
O Gazpacho ou Caspacho é uma sopa fria à base de vegetais hortículas, geralmente preparada e consumida no verão, com destaque para o tomate, o pepino e o pimentão. É um prato que permite o uso de diversos ingredientes, criando variações que vão desde receitas picantes até algumas mais suaves, sendo muito popular no sul da Espanha (Andaluzia, Estremadura, Múrcia, Castela-La Mancha e na Comunidade Valenciana), no sul de Portugal (Alentejo e Algarve), bem como no México e em outros países da América Central. As receitas espanholas, geralmente, são preparadas através da trituração integral de todos os ingredientes, e o preparado final fica com o aspecto de um purê cremoso rosado, sendo conhecidas com

o Gaspacho à andaluza em Portugal. Neste país, os ingredientes não são integralmente triturados, sendo apenas cortados em pedaços relativamente pequenos, aos quais se adiciona o pão (alentejano ou algarvio) em pedaços ligeiramente maiores, ao final, antes do tempero com azeite, vinagre e sal. Para que fique mais frio, é comum serem adicionados cubos de gelo (de água filtrada).

Bem, nada como sair um pouco da rotina sem comprometer a silhueta!

GASPACHO DIFERENTE
Ingredientes
(RENDIMENTO: 4 PORÇÕES)

 6 xícaras de chá (1kg) de polpa de melancia sem sementes, picada;
 2 xícaras de
chá (300g) de pepino sem casca e sem sementes, picado;
 1 xícara de chá (150g) da polpa branca da melancia;
 1 pimentão grande vermelho (150g) picado;
 1 cebola média (120g) picada;
 1 dente pequeno de alho (caso deseje, pode acrescentar mais);
 1 colher de café de gengibre picadinho (caso deseje, pode-se ralá-lo e manter a casca);
 4 fatias de pão de forma sem cascas, picado (caso deseje, pode ser o integral);
 2 colheres de sopa (30mL) de vinagre de boa qualidade;
 4 colheres de sopa (60mL) de azeite extra-virgem;
 Sal e pimenta a gosto


Preparo

Primeiramente, é preciso que todos os ingredientes estejam à mão, já picados e prontos para serem utilizados.
• Colocar todos os legumes e os pães no processador ou liquidificador. Triturar, ligando e desligando o aparelho (ou utilizar a função “pulsar”). É importante não bater demais para manter pedacinhos perceptíveis na boca. Passar para uma vasilha de inox ou vidro, temperar com o vinagre, o sal, a pimenta-do-reino e o azeite.
• Levar à geladeira até ficar bem gelado.

Esta receita é denominada “fingida”, por conter uma substituição de ingredientes (melancia em vez de tomate), possuir mesma aparência e mesmo paladar, quando comparada à original. Pode ser consumida sozinha ou servida com as guarnições tradicionais do verdadeiro gaspacho: clara de ovo picada (ou mexida na frigideira) e pepino, que podem ser substituídos por queijo minas picado (1 xícara de chá = 200g) e polpa branca da melancia (1 xícara de chá = 150g), respectivamente, junto a 1 pimentão verde (150g) picadinho em cubinhos; 1 cebola média (120g) picadinha em cubinhos; caso deseje, pode-se acrescentar polpa de melancia (1 xícara de chá = 180g) picada em cubinhos miúdos. Muita saúde!


Fontes:

*Freire, Renato. A mágica na cozinha: curiosidades, truques e fingimentos da gastronomia. Rio de Janeiro: Senac Nacional, 2011.

0 comentários:

ÚLTIMOS COMENTÁRIOS

ARQUIVO