Como Iniciar a Alimentação do Bebe


Mais Nutrir Consultoria
Dúvida de muitas mães, a alimentação complementar tem um papel fundamental no desenvolvimento infantil representando uma importante fonte de nutrientes para a criança, a alimentação complementar é definida da seguinte forma: quaisquer alimentos que não o leite humano oferecidos à criança amamentada até que elas passem a receber os alimentos consumidos pela família.

A Organização Mundial da Saúde OMS recomenda que a alimentação complementar inicie a partir do 6º mês, quando a amamentação deixa de ser exclusiva (somente o leite materno) e ajude a garantir a quantidade de calorias e nutrientes da criança.

Inicialmente a quantidade de alimentos deve ser pequena, aumentando o consumo gradativamente. No início a criança irá aceitar 2 a 3 colheres de chá, com o tempo ocorrerá um aumento natural nessa quantidade.

Abaixo algumas dicas importantes sobre alimentação complementar:

A primeira dica é lembrar que o aleitamento materno não deve ser retirado e deverá ser continuado até os dois anos de idade;

Preparar os alimentos sem sal ou açúcar já que a criança não tem paladar formado e está experimentando novos sabores, é importante que ela consiga sentir o sabor do alimento;

Nunca bata os alimentos no liquidificador, eles devem ser macios estando na forma de purê sendo que essa consistência deve ser aumentada gradativamente até que com um ano de idade a criança já consuma os alimentos da mesma forma que são oferecidas a família;

Lembre-se que no inicio as crianças podem não aceitar determinado alimento que lhe é oferecido, não se deve desistir na primeira tentativa e sim continuar com a exposição do alimento rejeitado por volta de 8 vezes;

A alimentação da criança deve ser variada sendo exposta a diversos alimentos ainda no primeiro ano de vida;

A alimentação nessa fase deve ser a mais natural possível, evitando assim alimentos industrializados, refrigerantes, açúcar, sal. Nunca é cedo para começar, é nessa fase que seu pequeno vai criar hábitos saudáveis!


0 comentários:

ÚLTIMOS COMENTÁRIOS

ARQUIVO