Comer carboidrato à noite engorda?

Dra. Evla Ferro – Nutricionista Alagoas

“Só como até as 18h” ou “Não como carboidrato no jantar” 
São frases freqüentemente repetidas por algumas pessoas que desejam emagrecer ou controlar o peso. 
 
Mas será que não comer carboidrato à noite realmente contribui para a perda de peso? 

Na verdade o primeiro requisito para a perda de peso é que o gasto calórico durante o dia seja maior que o consumo, provocando um balanço energético negativo. Contudo a quantidade e principalmente a qualidade do carboidrato consumido poderá influenciar na composição corporal e nos mecanismos de sinalização de fome/saciedade.

Depois de ingeridos, se os carboidratos forem rapidamente metabolizados em glicose, estimularão maior liberação de insulina, favorecendo assim a síntese de gordura e a uma sensação de fome em menor período de tempo. Outra ação da insulina é inibir a secreção do hormônio do crescimento (GH), liberado durante o sono e responsável pela manutenção da massa magra e auxiliar no controle de peso.

Assim, se o consumo de carboidratos, especialmente aqueles de alto índice glicêmico (pão branco, arroz branco, massas, açúcar), ocorrer muito próximo à hora de dormir, é possível que a liberação de GH seja inibida pela grande liberação de insulina, atrapalhando os mecanismos que regulam a composição corporal e o peso.

Portanto a ingestão de carboidratos no final da noite (muito próximo a hora de dormir) não está proibida, mas deve ser cuidadosa, priorizando o consumo de carboidratos integrais assegurando uma glicemia constante e a liberação normal de GH. 

Seguem algumas orientações: 

Não pule nenhuma refeição e faça pequenos lanches, assim você evita fome excessiva e alimentação exagerada no final do dia; 

Inclua alimentos integrais (pão, arroz e macarrão integrais, aveia, etc) na sua alimentação diária; 

Evite o consumo excessivo de açúcar doces e refrigerantes.

0 comentários:

ÚLTIMOS COMENTÁRIOS

ARQUIVO