Significado da Cor da Urina



Tabela de Coloração da Urina


por Dra Gabrieli Comachio – Nutricionista MT


A urina apresenta um odor característico que é causado pela presença de uréia. Quanto maior for a concentração desta, mais forte será seu odor. Na grande maioria dos casos, uma urina fétida indica uma urina pouco diluída. Em geral é uma urina com cor amarelo forte.

O primeiro passo portanto, é aumentar a ingestão de líquidos. Não existe um número mágico. Por isso o correto é
 beber líquidos até a urina ficar transparente, que é a coloração adequada para saúde.

Às vezes, são necessários até 3L de água por dia, porém a média é 2L por dia. Além de melhorar o odor, uma urina diluída impede a formação de cálculos renais.

Se a urina já está bem diluída e ainda tem um odor fétido, deve-se pensar na presença de bactérias que costumam metabolizar a uréia em amônia, substância que apresenta odor muito mais forte. Deve-se diferenciar a simples presença de bactérias na urina da infecção urinária. Se houver sintomas como ardência e vontade de urinar o tempo todo, mesmo com a bexiga vazia, indica-se o tratamento com antibióticos.

Além da infecção urinária, algumas uretrites como nas DSTs, também podem ser a causa. Mulheres costumam ser menos sintomáticas e uma urina mal cheirosa pode ser a dica para o diagnóstico. Homens costumam apresentar saída de pus pela uretra.

Nas mulheres é preciso ter certeza que o odor é da urina e não de corrimentos vaginais. Uma consulta ao ginecologista pode descartar infecções vaginais e uretrites.

Se o problema também não for bactérias, existem medicamentos e alimentos que podem alterar o cheiro da urina. O principal é o aspargo. Vitaminas também podem causar odor. Alguns antibióticos, principalmente da família da penicilina podem ser responsáveis. Mudanças na dieta podem melhorar o cheiro.

Diabetes pode causar urina mal cheirosa, mas em geral já apresenta outros sintomas associados como perda de peso, fraqueza, sede, muita urina (poliúria) etc... Dificilmente a urina com cheiro ruim é o único achado.

Em pessoas mais velhas, câncer de bexiga e fístula (ligação) da bexiga para o intestino podem ser a causa. O primeiro normalmente está associado a hematúria (perda de sangue na urina) e o segundo a um sintoma chamado pneumatúria, que é a saída de gases do intestino pela urina. São sintomas raros e não devem ser pensados em pessoas jovens.

Algumas doenças genéticas raras como fenilcetonúria também dão cheiro forte, mas são doenças de neonatos.

Se o odor for algo que incomoda muito, sugiro uma consulta ao urologista ou ginecologista para elucidação do quadro.

0 comentários:

ÚLTIMOS COMENTÁRIOS

ARQUIVO