Flatulência Orientações nutricionista


por Dra. Andrea Gonçalves Neves – Nutricionista RS


Flatulência (gases) é a liberação, voluntária ou involuntária, de ar contido na porção final
do intestino.

O ar engolido (aerofagia) é uma causa comum de gases no estômago. Engolimos
quantidades pequenas de ar ao comer e ao beber. Sobretudo, comendo ou bebendo
rapidamente, mascando chicletes ou dentaduras frouxas que desgastem, podem ocasionar
aerofagia.

O organismo não digere e não absorve alguns carboidratos (açúcares e fibras alimentares)
no intestino delgado por causa da insuficiência ou da ausência de determinadas enzimas.
Estes alimentos indigeríveis passam então do intestino delgado para o intestino grosso,
aonde bactérias quebram os alimentos, produzindo o hidrogênio, o dióxido de carbono e o
metano.

A maioria dos alimentos que contêm hidratos de carbono podem causar gases. O arroz é
o único que não causa gases. Em contrapartida, as gorduras e as proteínas causam poucos
gases.

Açúcares
Os açúcares que causam gases são lactose, frutose, sorbitol e rafinose.

Rafinose
Os feijões contêm altas quantidades deste açúcar complexo. Quantidades menores são
encontradas no repolho, couve de Bruxelas, brócolis, aspargos, em outros vegetais, e em
grãos integrais.

Lactose
A lactose é o açúcar natural no leite, presente também em derivados, como o queijo e o
creme de leite, e alimentos processados, como pão e molhos de saladas.

Frutose
A frutose está naturalmente nas cebolas, alcachofras, peras, e no trigo. Podendo ser
utilizado como adoçante em algumas bebidas e em bebidas de frutas.

Sorbitol
O sorbitol é um açúcar encontrado naturalmente nas frutas, inclusive maçãs, peras,
pêssegos e ameixas. É utilizado também em forma de adoçante artificial em muitos
alimentos dietéticos/ doces.

SEGUE ABAIXO OS ALIMENTOS FLATULENTOS


VEGETAIS:
Agrião, acelga, alho, cebola, brócolis, couve, couve-flor, repolho, batata doce,
gengibre, couve de Bruxelas, chucrute, ervilha verde, milho verde, mostarda,
pepino, nabo, rabanete, pimentão, pimenta do reino;

DOCES:
Caramelos, bolo, bombom, chocolate, doce em pasta, açúcar em excesso;

QUEIJOS:
Principalmente os de alta concentração, como: mussarela, parmesão, roquefort,
gorgonzola;

LEGUMINOSAS:
Ervilha, grão de bico, feijão, lentilha, soja.

FRUTAS:
Abacate, goiaba, maçã, pera crua, melão, melancia, passas;

BEBIDAS:
Soda, coca-cola, café, todas com gás;

ADOÇANTES:
Alimentos contendo sorbitol, como dietéticos, balas e chicletes dietéticos;

OUTROS:
Condimentos em excesso, alimentos crus ou fritos, alimentos oleaginosos (avelãs,
nozes).
Lembre-se de...
- fazer as refeições em um ambiente tranquilo;
- Mastigar bem os alimentos;
- Comer devagar;
- Não falar enquanto estiver comendo;
- Evitar os alimentos flatulentos que te causem desconforto ou constrangimento.

Não esqueça que distensão abdominal ou excesso de gases podem estar
relacionados aos hábitos alimentares e dieta. O consumo de bebidas
gaseificadas pode originar gases aos intestinos e causar dor abdominal.

0 comentários:

ÚLTIMOS COMENTÁRIOS

ARQUIVO