Pão na Dieta



No consultório sempre ouvimos dúvidas, inclusive sobre o pão. Muitas dizem que comem o pão, mas retiram o miolo como se estivessem justificando a sua culpa. Sem ele não existiriam sanduíches; o café da manhã perderia o sabor, e o corpo sem dúvida reclamaria.  Este alimento vale ouro: garante o estoque de energia, agrada a todos e, sem excessos, não engorda.

O pão é fonte de energia por excelência, pode e deve integrar todos os cardápios, até mesmo de quem faz dietas de emagrecimento.  Engordar?  Só se for consumido em excesso.  Está na hora de acabar com o mito de que o pão é um perigo às dietas para perder peso.  O grande problema são os acompanhamentos.  Uma fatia de pão tem cerca de 67 calorias; se você passar uma leve camada de margarina aumenta para l37 calorias.

Mas porque o pão é um alimento tão fundamental assim?  A resposta é simples.  A farinha é rica em carboidrato, nutriente que se transforma em energia e serve de combustível ao corpo e que tem 60% de participação no total das refeições diárias.  Os pães integrais são ricos em fibras, que facilitam o trabalho dos intestinos e ajudam a “varrer” o mau colesterol (LDL) do organismo.  E em todos, em maior ou menor quantidade, contêm proteínas, que são essenciais na construção dos tecidos, entre outras propriedades.

Enfim, qualquer que seja a sua escolha, nunca se esqueça: mão na massa e pão na mesa.   Não existe maneira mais gostosa e fácil de abastecer o corpo de energia.  Porém, se você deseja emagrecer, procure um nutricionista a fim de equilibrar os carboidratos na sua alimentação.   

http://personaldietrj.blogspot.com.br/

0 comentários:

ÚLTIMOS COMENTÁRIOS

ARQUIVO