Frutas Secas: Nutritivas e Práticas


Dra Fernanda Molina Tosi - Nutricionista MS 


Manter um cardápio saudável ou pouco calórico não é fácil. É preciso planejar as refeições com antecedência, principalmente os lanches, e estar disposta a parar pelo menos 15 minutos do expediente para descascar frutas e cumprir as recomendações de consumo dos especialistas.
Para quem não tempo nem disposição para escolher esses alimentos com calma e transportá-los por onde você for, há opções mais práticas. Um exemplo são as frutas secas, que cabem na bolsa, duram mais tempo, não exigem muito esforço na hora de consumir e ainda são ricas em nutrientes.
Para ganhar aquele tamanho reduzido que cabe nos pacotinhos vendidos em supermercados, esses alimentos passam por um processo industrial de eliminação da água. Assim, o resultado final são porções menores, com maior concentração de nutrientes e menor chance de os micro-organismos se desenvolverem por ali.
Além de serem opções saudáveis para lanches e para driblar a vontade de comer doces, as frutas secas também fazem bem ao organismo, pois são fonte de antioxidantes, vitaminas, fibras e minerais. Não é à toa que a lista de benefícios que elas trazem ao corpo é longa.
Porém, assim como outros alimentos amigos da dieta, vale a ressalva: as frutas secas também devem ser consumidas com moderação. Isso porque, ao serem desidratadas, elas acabam com um alto nível de açúcares, tornando-se mais calóricas que as versões frescas. Por isso, é importante levar em consideração o que foi perdido de água em cada porção para não exagerar no consumo.

http://todaela.uol.com.br/files/assets/pictures/000/015/141/content_15141.jpg?1342642373

0 comentários:

ÚLTIMOS COMENTÁRIOS

ARQUIVO