Cárie e suas implicações na saúde


Dra Priscila Walker - Nutricionista BA

         Você imagina que a cárie, doença periodontal que atinge 88% dos brasileiros, pode estar relacionada com doenças como asma, diabetes, AVC e infarto?

            Vamos entender como isso ocorre...

            Os pacientes asmáticos tendem a sofrer mais com cárie porque respiram pela boca e diminuem a secreção salivar, baixando a proteção do dente contra bactérias. Esta secura da boca aumenta a ingestão de bebidas doces piorando a situação.

            E por falar em doce, os altos níveis de glicemia dos diabéticos também diminuem a produção de saliva aumentando a chance das bactérias atuarem nos dentes.

            Na presença de gengiva inflamada ou cárie que atinge a raiz do dente, há liberação de substâncias inflamatórias no corpo, estas substâncias desprendem placas de gorduras das artérias e podem levar a infartos ou derrames. Além disso, são liberados no corpo também micróbios que podem chegar até o tecido que reveste o coração (endocárdio) e provocar uma infecção que é chamada de endocardite. De uma maneira ou de outra os riscos de infarto, derrame e AVC são altos quando não se cuida bem dos dentes. E pacientes com doenças cardíacas devem redobrar a atenção para não agravar o seu estado de saúde.

            E o que isso tudo tem a ver com Nutrição, né? Uma alimentação de qualidade, com baixa ingestão de doces, balas, café, refrigerantes, bolachas recheadas, salgadinhos industrializados, e adequada ingestão de frutas, verduras e alimentos ricos em cálcio (leite e derivados, soja, vegetais verde escuros) previne e muito o aparecimento das cáries.

            E claro, não podemos esquecer da boa escovação, uso de fio dental e consultas regulares ao dentista. Seu sorriso agradece! E o coração também...

0 comentários:

ÚLTIMOS COMENTÁRIOS

ARQUIVO