CRISE DO TOMATE


Tomate segue 'incomodando'

Os preços de alimentos mais uma vez pressionaram o indicador. A alta de itens como tomate e cebola ganhou destaque na imprensa local nas últimas semanas, aumentando a pressão sobre o Banco Central para agir contra a subida nos preços.
Em abril, os preços do tomate, o 'vilão da inflação', tiveram alta de 16,62%. Porém, outros alimentos tiveram desaceleração nos preços: cenoura (de 24,29% em março para 7,62% em abril), feijão carioca (de 11,68% para 7,28%), feijão preto (de 2,31% para 0,31%) e a farinha de mandioca (de 5,72% para 3,44%).
O preço das carnes e do frango tiveram queda em abril, de 2,58% e 2,04%, respectivamente.
"Tem tido deflação dos preços de alimentos no atacado desde o início de ano, mas há uma resistência para repassar essa queda ao consumidor por causa do custo do frete, e também a questão da demanda aquecida", disse o consultor de pesquisas econômicas do Bank of Tokyo-Mitsubishi Mauricio Nakahodo.
Fonte: http://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2013/04/19/inflacao-estoura-meta-do-governo-em-abril-pressionada-por-domesticas-e-tomate.htm


Receita Salada de tomate crocante

Ingredientes:

Tomates médios = 6 unidades

Alho = 2 dentes

Cream crackers = 2 unidades

Salsinha = 1 colher de sopa

Sal e pimenta = a gosto

Modo de fazer: Cortar os tomates em dois. Colocar na travessa. Passar no multiprocessador o alho com a salsa, biscoitos, sal e pimenta. Rechear os tomates e levar ao forno por 40 min.

Rendimento: 4 porções



Heloiza Muniz

Nutricionista CRN3 30096

heloizanutri@yahoo.com.br

heloizamuniznutri.blogspot.com

FanPage: Heloiza Muniz Nutricionista

0 comentários:

ÚLTIMOS COMENTÁRIOS

ARQUIVO