Reeducação Alimentar antes da Cirurgia Bariátrica



por Dra. Eloísa Gabriela Penteado

Nutricionista em Ariquemes-RO



Antes da realização da cirurgia bariátrica (redução de estômago) é necessário
o paciente seja avaliado por uma equipe multidisciplinar, composta por cirurgião,
endócrino, psiquiatra, psicólogo e nutricionista, sendo preparado para o ato da
cirurgia e principalmente para a adaptação pós cirúrgica.
O papel do nutricionista nesta equipe é de assegurar que o paciente esteja
preparo para as mudanças alimentares e de estilo de vida. É realizada uma
avaliação prévia, para a elaboração do plano alimentar individualizado e adequado à
realidade e necessidade de cada paciente.
O plano alimentar de pré cirurgia bariátrica tem a função de:
Auxiliar na perda de peso pré operatória – Esta perda de peso é
necessária, pois, favorece a diminuição das complicações pós operatórias e tempo
de hospitalização, além de estabilizar a pressão arterial. Esta perda de peso é em
média de 10 % do peso em excesso.
Corrigir as necessidades e carências nutricionais – A grande
maioria dos pacientes obesos apresentam deficiências nutricionais ou necessitam
de correção da alimentação para a melhora saúde. Quando realizada estas
correções antes mesmo da cirurgia, garante-se o não aparecimento de anemia
e/ou desnutrição, disfunções comuns no pós cirúrgico quando não tratados
antecipadamente.
Modificar os hábitos e vícios alimentares – Mudança de hábitos
alimentares não ocorrem de um dia para o outro, necessita-se de dedicação,
disciplina, mudança de pensamentos e consciência corporal. Foca-se na correção
dos erros alimentares mais comuns, como: qualidade da alimentação; redução
do volume de alimentos nas refeições; aumento do número das refeições diárias;
mastigação; ingestão de líquidos e bebida alcoólica; costume de beliscar; tabagismo,
entre outros. Estes maus hábitos devem ser eliminados antes mesmo da realização
da cirurgia, para que não sejam agravantes da recuperação pós cirúrgica e
favoreçam o reganho de peso.
Favorecer uma adaptação à alimentação pós-cirúrgica – A perda de
peso pós cirúrgica será gradativa e poderá ocorrer até 2 anos depois da realização
do procedimento cirurgico. Neste período o ideal é que ocorra a maior perda de
peso possível e de alta qualidade, neste caso, referindo-se a uma grande diminuição
de massa gorda, que deve ser de no mínimo 75% do seu valor total de gordura
corporal.

A reeducação alimentar deve sempre ser associada à atividade física, pois
ela acelera o processo de perda de peso, favorece a maior diminuição de gordura
corporal além do fortalecimento da musculatura.

A reeducação alimentar é um fator imprescindível para o paciente que realizada
a cirurgia bariátrica, tanto para a perda de peso com qualidade assim como a sua
manutenção para o resto da vida.

0 comentários:

ÚLTIMOS COMENTÁRIOS

ARQUIVO