Pular para o conteúdo principal

Dieta na Síndrome de Down criança adolescente

por Dra. Priscila Aline de Nardo - Nutricionista PR

Crianças e adolescentes com Síndrome de Down (SD) têm maior probabilidade de apresentar cardiopatias congênitas, alterações endócrinas, obesidade, apnéia do sono, doença celíaca, disfunção motora do esôfago, atresia intestinal e suscetibilidade à infecção.

SD é uma anomalia genética que determina, entre outras características, retardo mental e de crescimento.
A presença de alterações anatômicas e motoras predispõe a dificuldades na prática alimentar, o que pode repercutir no estado nutricional. A alimentação deve ser variada, colorida e nutritiva como forma de prevenção da obesidade, obstipação, infecções e doenças cardíacas. 


DICAS GERAIS DE ALIMENTAÇÃO PARA CRIANÇAS E ADOLESCENTES COM SD

- Aumente o consumo de alimentos fonte de fibra insolúvel: banana nanica, vegetais folhosos, aveia em flocos grosso, vagem, figo, amêndoas, lentilha, feijão, ervilha, quiabo, azeitona verde, morango, abobora, jiló, caju, brócolis, beterraba, castanha, cogumelo.
- Consuma as frutas com bagaço, e pelo menos 3 unidades ao dia.
- Evite os alimentos constipantes: banana-prata, maça sem casca, goiaba, limão, chá preto, cenoura cozida, batata, chuchu, abobrinha, batata, mandioquinha.
- Pelo menos metade do prato deve ser composta por hortaliças frescas e cruas, cerca de 3 cores de salada.
- Faça lanches nos intervalos das grandes refeições, o fracionamento a cada 4h.
- Preferir carnes brancas e magras como frango e peixe, as carne bovina prefira os cortes coxão mole/duro, lagarto, patinho, filé mignon, músculo, maminha, de preferência prepare grelhada, cozida ou assada. Retire a pele de peixes e frangos antes do cozimento, assim como a gordura a gordura aparente. Evite as carnes gordas como contra-filé, picanha, cupim, costela, chuleta, fraldinha. Se for consumir carne suína, que seja o lombo (eventualmente).
- Consuma pelo menos 1,5 litros de água por dia.
- Evite adoçar suco e leite com açúcar, acoste a consumir sem o doce artificial, e se já e acostumado, passe a reduzir a quantidade de açúcar.
- Evite sobremesas de doces, oferença sempre frutas e iogurtes.

Fonte: Nutrição em Pauta, por Vivian Cristiane Luft.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Afinal quais são os alimentos constipantes e laxantes?

Dra. Judith Godoy Moreira Pereira – Nutricionista MG Alimentos laxantes indicados para quem apresenta constipação: abacate, abacaxi, abobrinha, acelga, agrião, alface, ameixa-preta e amarela, avelã, berinjela, bertalha, brócolis, compotas, castanha-do-pará, cenoura crua, cereais integrais, chicória, couve, creme de leite, embutidos, farinha de aveia, aveia em flocos, figo, fubá, frutas oleaginosas, frutas secas, geléia, gema de ovo, grão-de-bico, jaca, kiwi, laranja, lentilha, mamão, manga, morango, quiabo, tangerina, uva, vagem, inhame. Na constipação utilizar alimentos crus e folhas nas saladas. Farelos de trigo, farelo de arroz ou outra fibra integral natural, podem ser adicionados às refeições para aumentar o aporte de fibras totais da dieta. Alimentos constipantes indicados na diarréia:   Amido de milho, batata-inglesa, banana-prata, banana-maçã, cream cracker, cará, caju, cenoura cozida, cevada, chá-preto, creme de arroz, fécula de batata, goiaba, limonada, maçã, maisena,

Sopa de alho-poró com hortelã

Calorias por porção: 40 calorias Rendimento: 2 porções Ingredientes: 500 g de alho-poró Água Folhas de hortelã Sal a gosto Modo de preparo: Corte o alho-poró em rodelas e coloque em uma panela com água fervente em uma quantidade suficiente para cobri-las. Deixe cozinhar até que fiquem bem macias e retire do fogo. Em seguida, bata o alho-poró em um liquidificador, adicionando a água do cozimento aos poucos até que a mistura fique com a textura desejada. Adicione também algumas folhas de hortelã. Coloque sal a gosto. Deixe esfriar completamente. Antes de servir, salpique hortelã picada sobre o creme e despeje um fio de azeite.

Sopa de tomate com manjericão

Calorias por porção: 60 calorias Rendimento: 2 porções Ingredientes: 500 g de tomate Água Folhas de manjericão Sal a gosto Modo de preparo: Corte os tomates mantendo as sementes e a pele. Coloque em uma panela com água fervente em uma quantidade suficiente para cobri-los. Deixe cozinhar até que fiquem bem macios e retire do fogo Em seguida, bata os tomates em um liquidificador, adicionando a água do cozimento aos poucos até que a mistura fique com a textura desejada. Adicione também algumas folhas de manjericão. Coloque sal a gosto. Deixe esfriar completamente. Antes de servir, salpique manjericão picado sobre o creme e despeje um fio de azeite.