Dieta na Síndrome de Down criança adolescente

por Dra. Priscila Aline de Nardo - Nutricionista PR

Crianças e adolescentes com Síndrome de Down (SD) têm maior probabilidade de apresentar cardiopatias congênitas, alterações endócrinas, obesidade, apnéia do sono, doença celíaca, disfunção motora do esôfago, atresia intestinal e suscetibilidade à infecção.
SD é uma anomalia genética que determina, entre outras características, retardo mental e de crescimento.
A presença de alterações anatômicas e motoras predispõe a dificuldades na prática alimentar, o que pode repercutir no estado nutricional. A alimentação deve ser variada, colorida e nutritiva como forma de prevenção da obesidade, obstipação, infecções e doenças cardíacas. 

DICAS GERAIS DE ALIMENTAÇÃO PARA CRIANÇAS E ADOLESCENTES COM SD

- Aumente o consumo de alimentos fonte de fibra insolúvel: banana nanica, vegetais folhosos, aveia em flocos grosso, vagem, figo, amêndoas, lentilha, feijão, ervilha, quiabo, azeitona verde, morango, abobora, jiló, caju, brócolis, beterraba, castanha, cogumelo.
- Consuma as frutas com bagaço, e pelo menos 3 unidades ao dia.
- Evite os alimentos constipantes: banana-prata, maça sem casca, goiaba, limão, chá preto, cenoura cozida, batata, chuchu, abobrinha, batata, mandioquinha.
- Pelo menos metade do prato deve ser composta por hortaliças frescas e cruas, cerca de 3 cores de salada.
- Faça lanches nos intervalos das grandes refeições, o fracionamento a cada 4h.
- Preferir carnes brancas e magras como frango e peixe, as carne bovina prefira os cortes coxão mole/duro, lagarto, patinho, filé mignon, músculo, maminha, de preferência prepare grelhada, cozida ou assada. Retire a pele de peixes e frangos antes do cozimento, assim como a gordura a gordura aparente. Evite as carnes gordas como contra-filé, picanha, cupim, costela, chuleta, fraldinha. Se for consumir carne suína, que seja o lombo (eventualmente).
- Consuma pelo menos 1,5 litros de água por dia.
- Evite adoçar suco e leite com açúcar, acoste a consumir sem o doce artificial, e se já e acostumado, passe a reduzir a quantidade de açúcar.
- Evite sobremesas de doces, oferença sempre frutas e iogurtes.

Fonte: Nutrição em Pauta, por Vivian Cristiane Luft.

0 comentários:

ÚLTIMOS COMENTÁRIOS

ARQUIVO