Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2012

ROSH HASHANÁ - O ANO NOVO JUDAICO

Dra. Francielle Arruda Rampelotti – Nutricionista SCAs datas das festas religiosas dos judeus são móveis, pois seguem um calendário lunisolar.  No Rosh Hashaná é comemorado o  Ano-Novo judaico. Nesta data há o costume de comer coisas doces. Esse costume existe há mais de 1500 anos. Ele expressa a esperança de que a doçura permeie a vida dos judeus no ano vindouro. ALêcach (torta de mel) é uma palavra hebraica que significa "porção". Serve-se torta de mel com a esperança de que, quem observar as tradições judaicas, será abençoado com uma "boa porção", um conceito expresso no Livro dos Provérbios (4:2)


BOLO DE MEL
INGREDIENTES
5 ovos
3/4 xícara de mel
3/4 xícara de açúcar
1/2 xícara de suco de laranja
1/2 xícara de café forte
1 xícara de óleo
3 xícaras de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó
1/2 colher (sopa) de bicarbonato canela e cravo em pó
uvas passasMODO DE PREPARO Bata as claras em neve e deixe descansar. Misture bem o mel, o açúcar e as gemas até a massa fi…

Sopa fria de cenoura com gengibre

Sopa fria de cenoura com gengibre
Calorias por porção: 135 calorias
Rendimento: 6 porções
Ingredientes:

3 cenouras1 batata1 cebola1 litro de água2 tabletes de caldo de galinha1 colher de sobremesa (rasa) de gengibre em póModo de preparo:
Pique as cenouras, a batata e a cebola em cubinhos. Em seguida, cozinhe os vegetais na água com o caldo de galinha. Quando estiverem bem macios, retire do fogo. Em um liquidificador, bata os vegetais cozidos, juntamente com o caldo, até que se forme uma mistura cremosa. Depois acrescente o gengibre e bata mais um pouco. Deixe esfriar completamente, se necessário leve à geladeira. Sirva em seguida.

Dieta Pós Parto

DIETA PÓS PARTO

Taís Fátima Soder: Acadêmica do VI Semestre de nutrição da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões – URI/ FW Juliana Gonçalves: Nutricionista
O puerpério, segundo afirma Baião & Deslandes (p. 251, 2006), é conhecido na linguagem popular, como sendo um período do resguardo, pós-parto, dieta, quarentena, durando cerca de quarenta dias e é repleto de grande significação cultural. Torna-se importante ressaltar, neste momento, a relevância da alimentação saudável, pois, ela é extremamente essencial para a demanda nutricional da gestação, puerpério e lactação, principalmente no que tange a saúde do binômio mãe-filho. Tanto a gestação como o puerpério, causam profundas mudanças que interferem na vida da mulher, tais como modificações no corpo, fisiologia, metabolismo. Parizzi & Fonseca (2010, p. 341), ressaltam que o organismo de uma gestante normal e bem-nutrida experimenta uma série de adaptações fisiológicas que garantem o crescimento e o desenvol…

Sopa Fria de Pepino e Iogurte

por Dra. Fernanda Sanchez Molina Tosi – Nutricionista MSSopa fria de pepino e iogurte
Calorias por porção: 55 calorias
Rendimento: 4 porções
Ingredientes:

4 copos de iogurte natural4 copos de água1 dente de alhoPolpa de 1 pepinoManjericão ou orégano a gosto8 colheres de sopa de azeite de oliva
Modo de preparo:
Pique o dente de alho bem fininho e coloque em um recipiente fundo. Adicione o iogurte, a água e a polpa do pepino, que deve ter sido processada em uma centrífuga. Mexa tudo e leve à geladeira por 1 hora para que o caldo esfrie e o gosto do alho e o pepino fiquem mais acentuados. Na hora de servir, coloque a sopa em pratos fundos, salpique o manjericão ou orégano. Coloque um fio de azeite em cada prato e sirva com torradas.

Barú do cerrado: a castanha do momento

Dra. Grazieli Neves- Nutricionista DF
O consumo das oleaginosas na dieta dos brasileiros cresceu bastante pelos benefícios a saúde que elas trazem em minerais, proteínas e antioxidantes. Outra estrela desse time vem tomando conta da escolha de muitas pessoas, a castanha do barú que possui diversos nomes populares, tais como: fruta-de-macaco, castanha-de-burro, cumaru, cumbaru, barujo, castanha-de-ferro, coco-feijão, cumaru-da-folha-grande, cumarurana, cumaru-verdadeiro, cumaru-roxo, cumbary, emburena-brava, meriparajé, e pau-cumaru.
 A castanha do baru também conhecida como amêndoa, representa 5% do rendimento em relação ao fruto inteiro e fica escondida no centro da fruta.  Da castanha também extrai o óleo, mas o grande atrativo mesmo são as castanhas, que tem o gosto semelhante com o do amendoim e é usada com frequência na culinária do cerrado. Em relação aos benefícios nutricionais, O barú é rico em proteínas, minerais, além dos ácidos graxo oleico (ômega-9) e linoleico (ômega-6) e fi…

PANETONE SAUDÁVEL NATAL

Receita Testada: Panetone (sem adição de açúcar e com fibras)

por Dra Ana Cláudia Silva – Nutricionista MG


Esponja:

10g de fermento biológico fresco

3 colheres de sopa de farinha de trigo (48g)

Massa:

1/2 xícara de suco de laranja (100ml)

2 e 1/2 colheres de sopa de adoçante para uso culinário

1 xícara de farinha de trigo

3/4 xícara de farelo de trigo

2 colheres de leite desnatado

1 pitada de sal

2 ovos

4 colheres rasas de margarina light

Raspas de limão e laranja (cerca de 2 colheres de sopa)

1 colher de chá de essência de panetone

1/2 xícara de uvas passas

1/2 xícara de castanhas (castanha-do-pará, de caju ou nozes) picadas

2 colheres de sopa de aveia em flocos (cobertura)

Esponja:

Numa tigela misture o fermento, a farinha de trigo e 3 colheres de sopa de água (45ml). Deixe fermentar por

cerca de 15 minutos ou até espumar.

Massa:

Coloque a esponja, metade do suco de laranja e o resto dos ingredientes da massa (menos as uvas passas,

as castanhas e a aveia), bata bem (pode ser utilizada batedeira). O suco d…

ARROZ DIFERENTE PARA NATAL

Ingredientes 5 xícaras de chá de arroz integral cozido com sal, óleo e cebola 1 colher de sopa de manteiga 200g de ameixa preta sem caroço picada 200g de uva passa sem caroço 2 maçãs verdes picadas 2 cenouras picadas
Ingredientes para o complemento 2 colheres de sopa de óleo 1/2 kg de tomate sem pele e sem sementes 100g de azeitonas verdes picadas 200g de presunto em tirinhas 1 vidro de palmito 400g 1 lata de ervilha Cheiro verde a gosto 1 cebola ralada Sal Cobertura Provolone
Modo de preparo Cozinhe o arroz com óleo, cebola e sal (sem alho). Refogue na margarina a amaeixa, a cenoura, a uva-passa, o damasco e a maçã – todos devem estar picados – (não utilizar sal). Em outra panela refogue no óleo a cebola, os tomates, o palmito, a ervilha, as azeitonas (esses primeiros picados) e o presunto cortado em tiras finas. Desligue o fogo e acrescentar o cheiro-verde. Em um recipiente, fazer camadas começando pelo arroz, depois o recheio de frutas, o recheio salgado, o arroz, recheio de frutas, r…