Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2010

Há necessidade de suplementar esportistas?

A prática esportiva exige um aumento no consumo de vários nutrientes que a alimentação deve conter. No entanto, antes de optar por suplementação nutricional, é preciso diferenciar o indivíduo fisicamente ativo, o esportista e o atleta.

A atividade física pode ser considerada qualquer movimento corporal que envolva contração muscular voluntária e que eleve o gasto energético acima da taxa metabólica basal. Isso quer dizer que caminhar até a padaria, passear com o cachorro, dançar e realizar atividades comuns do dia-a-dia podem ser consideradas atividades físicas. Já o exercício, por definição é qualquer atividade física desde que obedeça a uma intensidade, frequência e duração controladas. São exemplos de exercícios a musculação, as aulas de aeróbica, o cooper, etc. Para que o indivíduo seja caracterizado como atleta, o exercício deve levar em conta o caráter competitivo, onde a busca da melhor performance é um dos principais aspectos relacionados.

Essas diferenças são fundamentais quan…

O que é um alimento de Alto Valor Biológico?

Por Carolina Silva
Alimento de alto valor biológico são proteínas. 


Todas as proteínas são compostas de aminoácidos essenciais e não essenciais.  Os não essenciais o nosso próprio organismo  sintetiza, e os essências não são sintetizados e são provenientes da alimentação.



Toda proteína é composta por uma combinação de aminoácidos, totalizando 21. Oito dos 21  o nosso organismo não sintetiza (fenilalanina, isoleucina, leucina, lisina, metionina, treonina, triptofano e valina), onde  os alimentos, de fato, fornecem o equilíbrio adequado de todos os aminoácidos essenciais, funcionam bem e custam menos do que suplementos de aminoácidos.
Os aminoácidos essenciais são encontrados nos seguintes alimentos:

         ALIMENTO          QUANTIDADE (g) MEDIDA CASEIRA PROTEÍNA (g) Proteínas de Alto Valor Biológico Leite de vaca 200 1 copo médio 7,0

O Trabalho do Personal Diet

Por Tatiane Gasparetto

Nos dias atuais, com a correria do dia a dia e com a falta de tempo das pessoas, o surgimento de patologias típicas dessa modernização se torna inevitável, principalmente, aquelas relacionadas com a alimentação.

A alimentação sofreu muitas transformações com o passar dos anos, estamos nos tempos dos fast-foods e dos alimentos industrializados. A consequência disto é uma diminuição do consumo de nutrientes importantes, e aumento do consumo de nutrientes que, em excesso, são prejudiciais.

Por estas e outras razões, surgiu à prestação de serviço que toda chefe de família, responsável pela alimentação da mesma, quer: o Personal Diet.



Mas você conhece o serviço de Personal Diet?

O Personal Diet é o Nutricionista que vai até sua residência oferecer todos os benefícios de um acompanhamento nutricional individualizado e específico.

Durante o atendimento o nutricionista faz uma avaliação nutricional, verifica os hábitos e as preferências alimentares e a rotina da pessoa a s…

Receitas para Diabéticos

Por Carolina Silva

Diabetes caracteriza-se pela deficiência da insulina (hormônio), diminuição ou ausência total no organismo. E para manter uma alimentação saudável e capaz de manter a glicemia mais perto do normal, e para isso, existem receitas que podemos aplicar no dia-a-dia do diabético.




A seguir veja algumas delas:
ALMOÇO/JANTAR
PEITO DE FRANGO ASSADO COM ALECRIM: Rendimento: 6 porções
Ingredientes: - 1 peito de frango grande com osso e sem pele
Tempero: - ½ xícara (chá) de vinho branco seco - ½ xícara (chá) de cheiro-verde picado - 2 dentes de alho picados - 1 colher (chá) de sal
Cobertura: - 2 colheres (sopa) de maionese light - 1 colher (chá) de azeite de oliva - 1 colher (chá) de alecrim fresco - pimenta do reino a gosto - 2 fatias de pão integral trituradas
PREPARO TEMPERO: 1.Misture os ingredientes e regue o frango. Deixe tomar gosto por 30 minutos na geladeira.  Retire e escorra bem.
PREPARO COBERTURA: 1.Misture os ingredientes e espalhe por todo frango. Coloque em uma assadeira e cubra com p…

Diabetes Mellitus tipo 1 e tipo 2: Qual a diferença?

PorManoela Oliveira

Diabetes mellitus é um distúrbio metabólico causado pela falta relativa ou absoluta de insulina no organismo. Essa insulina é um hormônio produzido pelo pâncreas e tem a função de facilitar a absorção da glicose pelo organismo, por isso, quando ela é produzida em quantidade insuficiente ou atua de forma inadequada, a glicose deixa de ser absorvida pelas células e acumula-se no sangue. Deu nó? Calma...vou descomplicar: isso nada mais quer dizer que ocorrerá um aumento da sua taxa de açúcar no sangue. Ficou mais fácil agora não é? Fique ligado, pois a taxa normal de glicose no seu organismo deve variar entre 70 a 100mg por 100mL de sangue.
Então vamos lá... Existem dois tipos de diabetes e antigamente elas eram chamadas de insulino-dependente e insulino-independente. Hoje esta denominação está em desuso e passamos a adotar a classificação de Diabetes Mellitus tipo 1 e Diabetes Mellitus tipo 2.
O primeiro tipo trata-se de uma doença auto-imune onde o corpo produz pouca o…