Como parar de fumar sem ganhar peso!


Por Dra. Beatriz Bulhões Melo - Portugal

A Organização Mundial de Saúde considera o tabagismo a maior causa isolada, evitável, de doença e de morte.
A nicotina trata-se de um poderoso estimulante, que proporciona o sabor ao cigarro e obriga a pessoa a querer cada vez uma quantidade maior. Experiências demonstram que a nicotina está entre as drogas que criam maior dependência, juntamente com a heroína e a cafeína.
A nicotina, além de ser directamente causadora de vários malefícios à saúde, escraviza o fumador ao tabaco pela dependência física que provoca e carrega, para o seu organismo, milhares de componentes tóxicos.

5 Dicas para deixar de fumar
  1. Comece uma rotina de exercícios, caso não tenha uma. Este é o ponto número um que ajuda as pessoas que fumam há mais tempo. Uma vez que a nicotina aumenta o seu metabolismo, substituía este hábito pouco saudável de queimar calorias por um muito saudável como o exercício físico! Uma vantagem adicional é que o exercício ajuda a aliviar o stress, tensão e ansiedade inerentes ao deixar de fumar.
  2. Concentre-se em comer de forma consciente. É importante não transformar o acto de comer uma acção compensatória à privação de tabaco, ou seja, muitas pessoas em vez de fumarem vão compensar esta privação com a comida. Concentre-se no seu verdadeiro nível de fome física, e evite comer compulsivamente.
  3. Tenha lanches prontamente disponíveis. Quando sentir a necessidade de colocar algo na sua boca por força do hábito, experimente uma pastilha elástica sem açúcar, frutas fresca, cenouras e outros vegetais crus para diminuir esta ânsia.
  4. Retire da sua despensa alimentos e/ou bebidas que possam “puxar” o tabaco. Isto inclui o álcool que pode fazer com que possa querer começar a fumar novamente, e ainda aumenta a quantidade de calorias vazias que consome durante o dia.
  5. Faça as 3 refeições principais e 2 ou 3 lanches intermédios. Esta pequena técnica irá ajudar a dominar a sua fome.

É importante ver que aqueles que têm lutado com a "dependência alimentar" sabe como é lidar com um comportamento viciante. Se for o seu caso, ou conhecer alguém que está a viver esta situação pode compartilhar algumas destas dicas.
Se já parou de fumar, que estratégias é que funcionaram para si?

0 comentários:

ÚLTIMOS COMENTÁRIOS

ARQUIVO