As mil e uma virtudes do chá verde

imagem: www.priemforma.com

As virtudes medicinais do chá são de conhecimento milenar, especialmente pelo seu efeito estimulante. Mas hoje, a ciência está comprovando suas propriedades terapêuticas e cosméticas.

E isso está acontecendo com o chá verde ou banchá, considerado atualmente um aliado da saúde por ser rico em flavonóides (substâncias antioxidantes), que ajudam a neutralizar os radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento celular precoce.

Também está comprovado que o chá verde ajuda a diminuir as taxas de colesterol e ativa o sistema imunológico. A Sociedade Brasileira de Médicos Antroposóficos vai mais além e defende a prevenir diversas doenças e a manter a qualidade de vida.

As virtudes do chá verde na prevenção de doenças vêm do fato de que ele é rico em bioflavonóides e catequinas, que são substâncias que bloqueiam as alterações celulares que dão origem a diversas enfermidades.

Além de conter manganês, potássio, ácido fólico e as vitaminas C, K, B1 e B2, ajuda a prevenir doenças cardíacas e circulatórias por conter boa dose de tanino: o consumo diário desse chá pode diminuir as taxas do LDL (colesterol ruim) e fortalecer as artérias e veias.

Mas as boas notícias não acabam aí: está comprovado que o chá verde acelera o metabolismo e ajuda a queimar gordura corporal.

Pesquisadores acreditam que o hábito de beber chá em vez de café é um dos fatores responsáveis pelo menor índice de infarto em países do Oriente.

É necessário alguns cuidados na hora do preparo do chá:

· Guardá-lo bem acondicionado em local fresco e seco;
· De preferência, nada de acrescentar açúcar.

Como preparar:

Faça uma infusão com 1 colher de sopa rasa da erva para cada xícara de água “quase” fervente.

2 comentários:

ARTES LILA disse...

ola gostei muito desse blog parabens . eu gostaria de saber se o cha verde faz mal pra quem tem presao alta? bjokas

12/1/10
Kilza Miranda disse...

Olá Lila, realmente quem tem pressão alterada não é recomendável o uso do chá verde, o mais aconselhável é que você procure o seu médico para maiores esclarecimentos.

Abraços!

12/1/10

ÚLTIMOS COMENTÁRIOS

ARQUIVO