Colesterol Alto (Hipercolesterolemia)


Por Mônica Espinheira



O indivíduo que apresenta o colesterol alto possui uma dislipidemia. De acordo com a IV Diretriz Brasileira sobre Dislipidemias e Prevenção de Aterosclerose da Sociedade Brasileira de Cardiologia, o indivíduo possui uma hipercolesterolemia isolada quando o colesterol LDL (ruim) está aumentado, ou seja, está em valores maior ou igual a 160 mg/dl.
Níveis elevados de colesterol podem ocorrer em qualquer pessoa e geralmente estão associados ao sedentarismo (falta de atividade física) e a dieta inadequada, além de outros fatores como a predisposição genética.
O colesterol elevado é um dos fatores que pode levar o indivíduo a desenvolver doenças como hipertensão, sendo as principais complicações, o acidente vascular encefálico ou derrame e o infarto agudo do miocárdio.

Adequações na alimentação ajudam na prevenção e tratamento do colesterol elevado, portanto:


EVITE:

- O uso de gordura animal: banha, toucinho, torresmo, etc.

- Carnes gordas, principalmente as de porco, pele de aves (retirar a pele do frango), gordura de carneiro ou cabrito, língua, carnes utilizadas no preparo da feijoada. Retire toda a gordura visível das carnes.

- O uso de gema de ovo, maionese e manteiga. Evite preparações em que o ovo seja um ingrediente importante (bolos, pudins, fios de ovos, etc.).

- Nata de leite, creme de leite, queijos concentrados.

- Alimentos como presunto, mortadela, lingüiça, bacon, salame, patês.

- Guloseimas para lanche e sobremesas como: biscoitos amanteigados, bolos com cobertura de manteiga, sorvetes cremosos.

- O consumo de vísceras (fígado, moela, coração e miúdos em geral), pois possuem alta quantidade de colesterol.
    
- Alimentos que possuem gordura trans ou gordura vegetal hidrogenada, pois este tipo de gordura é uma das piores possíveis, pois aumentam o colesterol ruim (LDL) e diminuem o colesterol bom (HDL). Por isso, dê sempre atenção à leitura dos rótulos.

- Consumo de leite de coco, pois possui muita quantidade de gordura saturada.

- Consumo de alimentos fritos.

PREFIRA:

- O consumo de leite e iogurte desnatados.

- Queijo do tipo ricota, minas frescal ou cottage.

- Consumir durante os lanches da tarde e manhã variados tipos de frutas.

- No almoço caprichar na quantidade de saladas crua e/ou cozida. 

- Peixes como sardinha, atum, salmão, cavala, arenque. Conheça o peixe rico em nutrientes.

- Consumo de carnes assadas, cozidas ou grelhadas.

- Consuma alimentos ricos em fibras, como os integrais, bem como cereais como aveia, fibra de trigo, linhaça, gergelim. 

- Utilizar alimentos a base de soja, como leite de soja, proteína texturizada de soja, farinha de soja;
                                                 
Portanto... Cuide-se!



1 comentários:

Anônimo disse...

Gostaria de saber se posso substituir o presunto pelo peito de peru defumado.

6/6/12

ÚLTIMOS COMENTÁRIOS

ARQUIVO