Gergelim, semente nutritiva




Por Cristiane Silva


As sementes do gergelim são consideradas muito nutritivas, pois são ricas em proteínas e carboidratos. Além disso, possuem um alto teor de cálcio, fósforo e ferro. Mas seu maior atrativo é em relação a quantidade de vitaminas que ela possui, principalmente a  E , cujo maior benefício é ser um potente antioxidante, ou seja, atua no combate de radicais livres, que são os maiores causadores de doenças e aceleração do processo de envelhecimento. Também é uma importante fonte de vitaminas do complexo B, em especial a Niacina, importante no metabolismo de energia e no crescimento e na síntese de ácidos graxos, DNA e vitaminas.

O gergelim é uma planta da família das pedaliáceas, seus frutos contêm sementes de múltiplos usos na culinária e em rituais religiosos desde a Antiguidade, principalmente na Ásia e Oriente Médio. Acredita-se que, durante o período de colonização os portugueses trouxeram as primeiras mudas dessa planta para o Brasil.

Inúmeras receitas de pães, biscoitos, balas e doces utilizam as sementes de gergelim por causa de seu sabor característico. A partir da prensagem das sementes, obtêm-se um creme chamado de tahine largamente utilizado na culinária do Oriente Médio. Um processo semelhante é responsável pela produção do óleo de gergelim, que segundo estudos  pode ser útil ao combate do reumatismo

Quando se torra e prensa suavemente as sementes junto com o sal produz-se o gersal, um complemento alimentar muito comum entre os adeptos do vegetarianismo e da macrobiótica devido ao seu alto valor protéico. Essas mesmas pessoas costumam misturar o tahine com o missô (pasta de soja) e passá-lo no pão integral como substituto da manteiga

Enfim, é um alimento rico em nutrientes e bastante versátil, podendo ser consumido nas mais diversas preparações, portanto, aproveite seus benefícios, consumindo com freqüência em suas refeições!!


0 comentários:

ÚLTIMOS COMENTÁRIOS

ARQUIVO