Índice Glicêmico


Todos os alimentos a base de carboidratos são transformados em glicose na digestão, em diferentes níveis e em quantidades variadas, dependendo do tipo de cada alimento o IG (índice glicêmico) foi desenvolvido para ajudar a controlar a glicose sanguínea e classificar os alimentos à base de carboidratos por meio dos efeitos que os mesmos causam nos níveis da glicose sanguínea.

Os alimentos com alto IG fazem com que os níveis de açúcar no sangue aumentem rapidamente logo após serem ingeridos, e os alimentos de baixo IG liberam glicose no sangue de forma mais lenta, porém a capacidade de elevar a glicose sanguínea pode sofrer influência de acordo com a quantidade ingerida, teor de fibra, quantidade de gordura adicionada e a forma de como o alimento é preparado.

A seguir veja o IG de alguns alimentos, que são classificados de 0 a 100, ou seja, são classificados de acordo com a sua capacidade de elevar a glicose sanguínea.


TABELA DE ÍNDICE GLICÊMICO
BAIXO
IG
MÉDIO
IG
          ALTO
              IG
Amendoim
21
Suco de maçã
58
Pão branco
 70
Feijão de Soja
23
Mel
58
Purê de batata
 70
Iogurte sem sacarose
27
Spaguete
59
Inhame
 73
Lentilha secas cozidas
30
All Bran
60
Suco de laranja
74
Frutose
32
Sorvete convencional
61
Kiwi
75
Fettucine  cozido
32
Laranja
62
Batata doce
77
Lentilha
38
Batatinhas sem casca e cozida
62
Aveia
78
Maçã fresca
38
Lactose
65
Arroz integral
79
Leite Integral
39
Pêssego enlatado
67
Pipoca
79
Mingau feito com água
42
Arroz parboilizado
68
Musli
80
Feijão manteiga
44
Ervilha
68
Manga
80
Damasco seco
44
Pão de trigo integral
69
Arroz branco
81
Leite desnatado
46
Feijão cozido
69
Banana
83
Uva verde
46


Sopa de feijão
84
Iogurte com sacarose
48


Mingau de aveia
84
Maçã
52


Chocolate
84
Sopa de tomate
54


Sorvete
84
Pêra
54


Sacarose
87
Batata doce descascada e cozida
54


Bolos
87
Banana fresca
55


Biscoitos
90
Milho verde
55


Cuscuz
93




Milho
98



FONTES:
MANUAL BÁSICO PARA ATENDIMENTO AMBULATORIAL EM NUTRIÇÃO / Nilze Barreto Villela,  Raquel Rocha. – 2 edição – Salvador : EDUFBA, 2008.
RECEITAS RÁPIDAS PARA O CONTROLE DO DIABETES /Loise Blair e Norma McGough : [ Tradução Merck Farias de Souza ]. – Barueri, SP : Manole, 2006.
GUIA DE NUTRIÇÃO DESPORTIVA – ALIMENTAÇÃO PARA UMA VIDA ATIVA / Nancy Clark; tradução Márcia Dornelles, Andrea Caleffi. – 3 ed. – Porto Alegre: Artmed, 2006.
IMAGEM: hipertrofiasaude.blogspot






0 comentários:

ÚLTIMOS COMENTÁRIOS

ARQUIVO