Pular para o conteúdo principal

Como transformar o café da manhã em um aliado do coração

Médicos de várias especialidades já chegaram ao consenso de que o café da manhã é a refeição mais importante do dia.
Mas um estudo realizado pela Faculdade de Medicina de Sackler, da Universidade de Tel Aviv (Israel), revelou que alguns alimentos podem aumentar as chances de infarto. Segundo o cardiologista-chefe da instituição, Michael Shechter, cereais matinais com flocos de milho e pão branco estão entre os carboidratos que se transformam mais rapidamente em açúcar no sangue e devem ser evitados.
·         Pão engorda?
Para ele, as pessoas deveriam incluir carboidratos com baixo índice glicêmico durante a alimentação matinal, a fim de melhorar a saúde e reduzir os riscos potenciais para o sistema cardiovascular.
"Esse tipo de carboidrato é um veneno, já que inibe a função endotelial e representa o risco mais significativo entre os fatores de risco, levando à aterosclerose e às doenças do coração" explica.
Na opinião do diretor técnico do Hospital Santa Paula, o cardiologista Rafael Munerato as pesquisas sobre tema devem evoluir bastante neste sentido.
"Ainda há muito que ser estudado nesse campo. É certo que a disfunção endotelial, ou seja, a manifestação precoce da aterosclerose, precipita as síndromes coronárias agudas e as doenças vasculares graves. E vale ressaltar que altos níveis de açúcar no sangue não representam um importante risco somente para portadores de diabetes, mas para a população em geral".
Munerato diz que o café da manhã habitual do brasileiro, composto por café com leite, pão e margarina, precisa sofrer algumas modificações.
"É importante que o leite seja magro, o pão seja integral, e a margarina seja livre de gordura saturada. Além disso, é sempre bom acrescentar uma fruta à refeição" destaca.

Receitas:
Pão integral de trigo com linhaça
Coquetel de frutas sem alcóol

Sugestão de Livros:



Lugar de Médico é na Cozinha: Cura e Saúde Pela Alimentação Viva




Fonte: Prontuário de Notícias

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Afinal quais são os alimentos constipantes e laxantes?

Dra. Judith Godoy Moreira Pereira – Nutricionista MG

Alimentos laxantes indicados para quem apresenta constipação: abacate, abacaxi, abobrinha, acelga, agrião, alface, ameixa-preta e amarela, avelã, berinjela, bertalha, brócolis, compotas, castanha-do-pará, cenoura crua, cereais integrais, chicória, couve, creme de leite, embutidos, farinha de aveia, aveia em flocos, figo, fubá, frutas oleaginosas, frutas secas, geléia, gema de ovo, grão-de-bico, jaca, kiwi, laranja, lentilha, mamão, manga, morango, quiabo, tangerina, uva, vagem, inhame.
Na constipação utilizar alimentos crus e folhas nas saladas. Farelos de trigo, farelo de arroz ou outra fibra integral natural, podem ser adicionados às refeições para aumentar o aporte de fibras totais da dieta.

Alimentos constipantes indicados na diarréia: Amido de milho, batata-inglesa, banana-prata, banana-maçã, cream cracker, cará, caju, cenoura cozida, cevada, chá-preto, creme de arroz, fécula de batata, goiaba, limonada, maçã, maisena, farinha de a…

Dicas Nutricionais para Ganho de Peso em Crianças

O baixo peso apresenta risco de desenvolvimento insatisfatório, o seu crescimento e o processo de aprendizagem podem ficar prejudicados, temporariamente ou definitivamente, vai depender da gravidade e do período em que a criança permanecer com peso baixo. Por isso, é importante buscar alternativas que recuperem o estado nutricional da criança o mais rápido possível:
* Separe a refeição em um prato individual para se ter certeza do quanto à criança está realmente ingerindo; * Esteja presente junto às refeições mesmo que a criança já coma sozinha, você poderá ajudá-la se necessário; * Não apresse a criança, é necessário ter paciência e bom humor; * Alimente a criança tão logo ela demonstre fome. Se a criança esperar muito ela perde o apetite; * Não force a criança a comer, isso aumenta o estresse e diminui ainda mais o apetite. As refeições devem ser tranqüilas e felizes; * Acrescente Azeite de Oliva Extra Virgem nas refeições para aumentar o valor calórico da dieta: para crianças menores de …

Orientações Nutricionais para uma Vida Saudável

1-Mastigue bem os alimentos, comendo devagar para facilitar a digestão e saborear os alimentos;

2-Procure fazer as refeições em lugar tranqüilo, evitando outro tipo de atividade enquanto se alimenta, como por exemplo, assistir TV;

3-Fazer em torno de 5 a 6 refeições diárias, evitando longos períodos de jejum (ficar mais do que 4 horas sem se alimentar);

4-Ingerir em torno de 3 litros de líquidos durante o dia, água, sucos, chás, pois auxilia no funcionamento do intestino, transporte dos nutrientes e excreção das substâncias tóxicas;

5-Evite a ingestão de líquidos durante as refeições, pois dificulta a digestão, absorção e utilização dos nutrientes, o ideal é ingerir líquidos 30 min. antes ou 1 hora depois das grandes refeições (almoço e jantar);

6-Dar preferência para as preparações com menor teor de gorduras evitando assim o consumo de toucinho, bacon, torresmo, banha, margarina, manteiga e maionese. Veja a receita da Maionese de Soja, bem mais saudável!

7-Não reutilize o óleo de fritura, …