Pular para o conteúdo principal

Comportamento Magro e Festas de Fim de Ano


Quanta ansiedade! Fim de ano, fim de muitas expectativas, metas não alcançadas, sonhos que se esvaem.

Chegando o do fim do ano, refletimos e revemos nossa vida, e com tristeza ou alegria, fazendo um balanço do que alcançamos.

E quando o assunto é o peso, podemos ficar felizes ou tristes. Felizes quando conseguirmos reconhecer que talvez não alcançaram a meta pretendida, mas tiverem conquistas e mudanças alimentares, ou tristes, quando não conseguiram ainda adquirir um comportamento alimentar adequado, que envolve cuidar tanto do físico, quanto do emocional.

Porém além dessas festas tradicionais, criaram os amigos secretos, festas de encerramento das atividades das empresas, aumentando ainda mais a angústia de quem perder peso, para curtirem a praia com um corpo mais enxuto.

Deparamos com o encerramento de um ciclo e início de outro, pois afinal começará um novo ano, agregando novos sonhos em nossas vidas.

Mas podemos cuidar para que esse início de ciclo seja mais prazeroso, comportando-se magro, e aproveitando melhor as festas.

1- Festas de natal e ano novo podem ser celebradas com mais tranquilidade quando nos focamos em seu verdadeiro sentindo, desfocando nas abundantes comidas que as famílias costumam oferecer.

2- Coma para sua fome, não caindo na tentação de comer de tudo, pois afinal é dia de comemoração.

3- Realize a ceia de natal mais cedo, pois a meia noite é muito tarde para ingerirmos alimentos mais pesados.

4- Não esperem servirem a comida sem realizar lanches pequenos e leves. O ideal é chegar no horário da ceia com pouca fome, e comer pouco e com qualidade. Para isso, não se esqueçam dos lanches intermediários.

5- Abuse de verduras, frutas, e abstenham-se das bebidas alcoólicas.

6- Lembre-se que ao chutar o balde e comerem em excesso, vão sentir que ficaram cheias, e a sensação de desconforto e descontrole vai pesar nos dias seguintes, minando sua auto estima.

7- Quando liberamos nosso foco e queremos comer tudo, de festa em festa, vamos aumentando os ponteiros de nossa balança, ficando difícil recuperar o peso anterior.

8- Atividade física também se faz nessas datas. Podemos optar por caminhadas, corridas, bike e vale até dançar!

9- Lembre-se que a única pessoa capaz de ajudá-la é você mesma, portanto, a responsabilidade é sua.

10- Ser feliz, comemorar, é estar com pessoas queridas, sentindo e usufruindo da verdadeira mensagem que o Natal e Ano Novo trazem.

“Decidir comprometer-se com resultados de longo prazo ao invés de reparos em curto prazo, é tão importante quanto qualquer decisão que você fará em toda a sua vida. (autor desconhecido)

Psicóloga Luciana Kotaka

CRP –08/06502-1

Especialista em Obesidade e Transtornos Alimentares

www.lucianakotaka.com.br

Curitiba – PR

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Afinal quais são os alimentos constipantes e laxantes?

Dra. Judith Godoy Moreira Pereira – Nutricionista MG

Alimentos laxantes indicados para quem apresenta constipação: abacate, abacaxi, abobrinha, acelga, agrião, alface, ameixa-preta e amarela, avelã, berinjela, bertalha, brócolis, compotas, castanha-do-pará, cenoura crua, cereais integrais, chicória, couve, creme de leite, embutidos, farinha de aveia, aveia em flocos, figo, fubá, frutas oleaginosas, frutas secas, geléia, gema de ovo, grão-de-bico, jaca, kiwi, laranja, lentilha, mamão, manga, morango, quiabo, tangerina, uva, vagem, inhame.
Na constipação utilizar alimentos crus e folhas nas saladas. Farelos de trigo, farelo de arroz ou outra fibra integral natural, podem ser adicionados às refeições para aumentar o aporte de fibras totais da dieta.

Alimentos constipantes indicados na diarréia: Amido de milho, batata-inglesa, banana-prata, banana-maçã, cream cracker, cará, caju, cenoura cozida, cevada, chá-preto, creme de arroz, fécula de batata, goiaba, limonada, maçã, maisena, farinha de a…

Dicas Nutricionais para Ganho de Peso em Crianças

O baixo peso apresenta risco de desenvolvimento insatisfatório, o seu crescimento e o processo de aprendizagem podem ficar prejudicados, temporariamente ou definitivamente, vai depender da gravidade e do período em que a criança permanecer com peso baixo. Por isso, é importante buscar alternativas que recuperem o estado nutricional da criança o mais rápido possível:
* Separe a refeição em um prato individual para se ter certeza do quanto à criança está realmente ingerindo; * Esteja presente junto às refeições mesmo que a criança já coma sozinha, você poderá ajudá-la se necessário; * Não apresse a criança, é necessário ter paciência e bom humor; * Alimente a criança tão logo ela demonstre fome. Se a criança esperar muito ela perde o apetite; * Não force a criança a comer, isso aumenta o estresse e diminui ainda mais o apetite. As refeições devem ser tranqüilas e felizes; * Acrescente Azeite de Oliva Extra Virgem nas refeições para aumentar o valor calórico da dieta: para crianças menores de …

Orientações Nutricionais para uma Vida Saudável

1-Mastigue bem os alimentos, comendo devagar para facilitar a digestão e saborear os alimentos;

2-Procure fazer as refeições em lugar tranqüilo, evitando outro tipo de atividade enquanto se alimenta, como por exemplo, assistir TV;

3-Fazer em torno de 5 a 6 refeições diárias, evitando longos períodos de jejum (ficar mais do que 4 horas sem se alimentar);

4-Ingerir em torno de 3 litros de líquidos durante o dia, água, sucos, chás, pois auxilia no funcionamento do intestino, transporte dos nutrientes e excreção das substâncias tóxicas;

5-Evite a ingestão de líquidos durante as refeições, pois dificulta a digestão, absorção e utilização dos nutrientes, o ideal é ingerir líquidos 30 min. antes ou 1 hora depois das grandes refeições (almoço e jantar);

6-Dar preferência para as preparações com menor teor de gorduras evitando assim o consumo de toucinho, bacon, torresmo, banha, margarina, manteiga e maionese. Veja a receita da Maionese de Soja, bem mais saudável!

7-Não reutilize o óleo de fritura, …