Bisfenol A – o que é e quais cuidados deve-se ter.



Dra Adriana Mendes Abreu – Nutricionista SP

A partir de 2012 nenhum produto plástico que contenha Bisfenol A na sua composição poderá ser produzido, comercializado ou importado no Brasil. O Bisfenol A é uma substância química usada na produção de plástico e que acaba fazendo parte do nosso dia a dia, por exemplo: potes, potes, mamadeiras, copos, talheres, pratos,etc.
Estudos recentes vem comprovando seu efeito maléfico ao organismo humano, uma vez que ela atua imitando a ação dos hormônios da tireóide. Nosso organismo não elimina o excesso desta substância que vai se acumulando no tecido adiposo e pode estar envolvida no aparecimento de vários tipos de cânceres e má formação fetal. As gestantes são consideradas grupo de alto risco com relação ao contato com esta substância, pois o líquido aminiótico pode acumular 5 vezes mais Bisfenol A que o tecido adiposo podendo levar a má formação fetal.
E o que isso tem haver com nutrição?
É comum e amplo o uso de potes e utensílios plásticos na cozinha, quer seja para guardar um alimento ou manuseá-lo. O Bisfenol A se desprende do plástico quando for aquecido ou congelado, contaminando o alimento. As embalagens longa vida e latarias também possuem (por enquanto) Bisfenol A na sua composição e quando estão amassadas é sinal de que a proteção interna se rompeu e, portanto, o Bisfenol A migrou da embalagem para o alimento.
Como se prevenir então?
Os potes e utensílios plásticos comercializados atualmente possuem um símbolo de produto reciclável (um triângulo). Dentro dele sempre há (ou deveria haver) um número. Os números 3 ou 7 indicam que há Bisfenol A na composição daquele plástico. Descarte os potes e utensílios que você tem em casa e não compre potes plásticos que contenham um destes números ou nenhum número no interior do triângulo (símbolo de reciclável).
Revise os potes em casa, instrua seus clientes a olhar os potes e escolher os que são BISFENOL A FREE.

0 comentários:

ÚLTIMOS COMENTÁRIOS

ARQUIVO