O Poder Medicinal Dos Alimentos: Importância Do Consumo De Uva Nas Doenças Cardiovasculares


Dra. Nayara Rodrigues – Nutricionista MG

As doenças cardiovasculares, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), são a principal causa de morte em todo o mundo, estima-se que em 2008, os óbitos provocados por tais doenças representaram 30% do total registrado globalmente. Os fatores de risco para tais enfermidades incluem pressão alta, taxas de colesterol e glicose elevadas, sobrepeso e obesidade, além de hábitos como fumo, baixa ingestão de frutas e verduras e sedentarismo.

Dentro deste contexto, a uva merece destaque especial, estudos revelam que esta fruta faz muito bem para a saúde do coração; uma substância presente nos sucos concentrados de uva é o resvesratrol, que é muito importante para aumentar o colesterol bom e evitar o acúmulo de gordura nas artérias, a uva ainda contem baixa concentração de lipídeos (0,3g/100 g), baixo valor calórico (50 cal/100 g) e ainda apresenta baixa concentração de sódio, um dos principais inimigos do sistema cardiovascular. A uva tem a capacidade de tonificar o coração e fluidificar o sangue, favorece o bom estado das artérias, especialmente as coronárias que irrigam o músculo cardíaco.

Atualmente é possível encontrar no mercado a farinha de uva, o produto apresenta benefícios semelhantes aos da fruta in natura, a farinha pode ser consumida pura ou misturada nos sucos e vitaminas, saladas e ainda com outras farinhas. Vale ressaltar que o alimento in natura apresenta infinitamente maior qualidade nutricional do que seus derivados, portanto, não se faz necessário substituir o consumo da fruta pela farinha, a não ser que o paciente realmente tenha esta necessidade.

Diante de tantos benefícios apresentados é extremamente válido incluir a uva na alimentação diária, vale ressaltar que os alimentos podem ser encontrados em quase todos os meses do ano, na época certa eles são mais baratos e de melhor qualidade, o período de safra das uvas vai de janeiro a março.

0 comentários:

ÚLTIMOS COMENTÁRIOS

ARQUIVO