5 dicas para Hidratação Atividade física


por Dra. Gabriely Marques de Araújo 


A nutrição tem um importante impacto no desempenho físico, o que vem despertando a
atenção de atletas de várias modalidades. A maior preocupação é em relação ao rendimento e a alimentação de treino e competição.

Durante a realização da atividade física, uma boa hidratação faz-se necessário para melhorar
o desempenho do atleta, especialmente nos exercícios de longa duração. Componentes
como a água, eletrólitos e estoques de glicogênio são constantemente excretados e, a menos
que esses elementos sejam repostos, podem ocorrer distúrbios decorrentes de falhas nos
esquemas de alimentação e reposição hídrica, eletrolítica e de substrato energético, que
prejudicam a tolerância ao esforço e colocam em risco a saúde dos praticantes de exercícios
físicos, podendo até mesmo causar a morte.

Distúrbios podem ser originados através da inadequada reposição eletrolítica e a super-
hidratação podem contribuir para a hiponatremia (baixo sódio sanguíneo), cujos sinais e
sintomas, muitas vezes semelhantes aos da desidratação, exigem a dosagem de sódio sérico capilar e a pesagem de massa corporal antes e após a atividade física, para que se estabeleça o diagnóstico diferencial.

A manutenção de um volume relativamente constante e de uma composição estável dos
solutos dos líquidos corporais é essencial para a homeostasia (equilíbrio metabólico) do
organismo. A necessidade diária de água varia individualmente, sendo influenciada por uma
série de fatores, como as condições ambientais e as características da atividade física, a
duração da sessão, intensidade do exercício e necessidade de vesti-mentas que interferem na termorregulação.
5 ORIENTAÇÕES DE COMO SE HIDRATAR PARA ATIVIDADES COM DURAÇÃO DE 1 HORA OU MENOS

Recomendações:

1. Para iniciar o exercício bem hidratado, consuma aproximadamente 500ml de líquidos 2
horas antes do evento.

2. Durante a atividade física beba líquidos a cada 15-20min uma quantidade de 150 a 200ml.

3. Para repor as perdas hídricas durante as sessões de competição (se houver mais que 1
competição/dia) ou após o termino do exercício. Recomenda-se ingerir 1,5L de líquido
para cada Kilo perdido durante o exercício.

4. Consumir bebidas que estejam entre 15 e 20ºC, palatáveis de fácil aceitação e
forneçam carboidratos.

5. Ingira líquidos sempre antes da sensação de sede. A sede é um sinal posterior à
desidratação.


Referências: Revista Brasileira Medicina no Esporte – Vol. 16, No 2 – Mar/Abr, 2010

0 comentários:

ÚLTIMOS COMENTÁRIOS

ARQUIVO