Alimentação da gestante e aleitamento materno: mitos e verdades


Dra Ana Cláudia Silva – Nutricionista MG


A gestação promove mudanças desde a forma e o funcionamento do corpo até os sentimentos. Porém cada alteração tem a sua razão: adaptar o corpo da futura mãe, favorecer o crescimento do bebê e preparar a mulher para o parto e a amamentação.

Uma alimentação saudável pode facilitar a vivência de todas essas mudanças.

Confira abaixo alguns mitos e verdades sobre a alimentação da gestante e o aleitamento materno:

Quando estou grávida tenho que “comer por dois”?

Toda gestante deve ter atenção especial com sua alimentação। É recomendado consumir grãos e cereais integrais, verduras, frutas, carnes, leite e derivados; como recomendado na Pirâmide dos Alimentos. Porém não é necessário “comer por dois”, devemos lembrar que o ganho de peso excessivo na gestação pode favorecer o surgimento de complicações como diabetes e hipertensão.


É proibido consumir produtos diet durante a gravidez?

O consumo de produtos diet e adoçantes artificiais é recomendado para os casos de gestantes diabéticas। Se a intenção de utilizar esses produtos for o controle de peso é preferível uma reeducação alimentar focada principalmente no uso moderado de açúcares e doces. Boa opção para a vida toda!


Se a grávida tem muita azia, é porque o bebê vai ser cabeludo?

Esse é um dos mitos que são passados de geração em geração. A azia ou queimação pode ser provocada pela pressão do útero aumentado contra o estômago e também por ação hormonal; não há relação com a quantidade de cabelo do bebê. Uma forma de amenizar o problema é realizar refeições frequentes e em pequenas quantidades.

Comer biscoito água e sal pode aliviar o enjôo?

O biscoito água e sal pode auxiliar no controle de enjôos, há gestantes que os consomem antes de levantar da cama com relato de melhora dos sintomas. Se este for o seu caso, prefira as opções integrais e com menor teor de gorduras. É importante lembrar que cada gestante possui preferências e intolerâncias, portanto observar a alimentação, realizar as refeições em um ambiente tranquilo e contar com a ajuda de um nutricionista pode auxiliar no controle do enjôo.

Os exercícios físicos durante a gravidez podem fazer mal?

Desde que a prática seja orientada por um profissional e respeite os limites da gestante os exercícios físicos só fazem bem! Podem contribuir para controle do ganho de peso, melhora do condicionamento físico, da postura e até mesmo do humor।


Comer bastante canja e canjica, e beber cerveja escura faz a mulher produzir mais leite?

A produção de leite é estimulada principalmente pela ato da amamentação. Ao sugar o peito o bebê contribui para que cada vez mais leite seja produzido. Cuidados já realizados durante a gravidez como alimentação saudável e consumo adequado de água, devem ser mantidos. Além dos benefícios já conhecidos para o bebê, a amamentação contribui para a mãe retornar ao peso ideal.

0 comentários:

ÚLTIMOS COMENTÁRIOS

ARQUIVO